segunda-feira, 25 de junho de 2012

ECD investindo na capacitação e atualização de seu Corpo Técnico


Nunca é demais lembrar que a ECD Sondagens Ambientais tem primado, nos últimos tempos, pela busca da excelência em seus serviços de aquisição de dados para investigação ambiental. Essa busca pela excelência passa, sem dúvida, pela constante capacitação e atualização de todo o seu corpo técnico.
Os treinamentos para os operadores, técnicos, sondadores e auxiliares de sondagem acontecem com frequência dentro da ECD, conforme pode ser lido aqui. Porém, essa postagem trata da capacitação de seus Técnicos e Engenheiros.
Nos últimos meses, a ECD, através de seus colaboradores, participou de alguns eventos muito importantes:

- Seminário de Oxidação Química (24/04/2012): um evento promovido pela Clean, trouxe palestrantes internacionais, junto com especialistas brasileiros, para falar sobre Oxidação Química In Situ. Embora não seja diretamente a área de atuação da ECD, a participação do Diretor Técnico Marcos Tanaka Riyis e do Engenheiro Ambiental Rafael Muraro Derrite foi muito importante para verificar as necessidades da Consultoria e, assim, oferecer tecnologias e serviços que caminhem em consonância com essas necessidades. Além disso, a fala dos palestrantes evidenciou, mais uma vez, a importância elevadíssima que se dá à investigação no exterior, e que mesmo as mais modernas tecnologias de remediação só funcionam quando o modelo conceitual da área está muito bem definido.

- Mini-Curso de Técnicas Especiais de Investigação Geológico-Geotécnica (15/05/2012): um mini-curso, ministrado pelo Professor Doutor Heraldo Giachetti, da FEB/UNESP (orientador da Dissertação de Mestrado do Diretor Técnico da ECD Marcos Tanaka Riyis), dentro do evento "I Jornada de Geotecnia da UFSCar"Nesse Mini-Curso, o prof Heraldo tratou, basicamente, de ensaios de cone, tanto o cone mecânico, quanto o cone elétrico (CPT), o pieocone (CPTu) e o piezocone de resistividade (RCPTu), que são ensaios geotécnicos que a ECD está oferecendo como instrumento de aquisição de dados para investigação ambiental, como pode ser visto aqui. Pela ECD, participaram o Engenheiro Rafael Muraro Derrite e o Técnico Ambiental Tiago Ferreira. Abaixo, algumas fotos do mini-curso


Parte teórica do mini-curso ministrado pelo prof Heraldo Giachetti 

Parte prática do mini-curso, com ensaios de CPTu


- 8a Semana do Meio Ambiente da UNESP/Sorocaba (23/05/2012): Um evento promovido pela UNESP/Sorocaba para os alunos de graduação, mas aberto à comunidade. A ECD, através de seu Engenheiro Ambiental Rafael Muraro Derrite ministrou um mini-curso sobre "Técnicas de Investigação de Áreas Contaminadas". Foram 4 horas muito proveitosas, onde os alunos de graduação puderam tomar contato com esse "Universo" e ver todas as possibilidades de atuação para o futuro profissional. Dada a importância do tema e à qualidade da apresentação do Engenheiro Rafael, o mini-curso teve suas vagas esgotadas rapidamente e foi muito bem avaliado. Abaixo, a foto do palestrante:




- Curso de Extensão em Investigação Geoambiental: Um curso promovido pela Escola de Extensão da UNICAMP, entre 05/05 e 14/07/2012. É um curso destinado a profissionais da área de Geologia, Geotencia ou Engenharia Ambiental que trabalhe com investigação geotécnica ou ambiental. São 8-10 sábados o dia inteiro de aulas teóricas e práticas sobre vários temas relacionados à investigação, entre eles: Hidrogeologia, CPTu, Amostragem de Água Subterrânea, etc. O Engenheiro Ambiental Rafael Muraro Derrite está participando do curso.


Pode-se perceber que a ECD está, realmente, investindo no seu corpo técnico e destinando recursos materiais, financeiros e humanos para a busca da excelência nos serviços de aquisição de dados para investigação ambiental.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Treinamentos dos Colaboradores da ECD


Conforme já foi dito nesse blog em diversas oportunidades, a ECD tem como premissa fundamental a capacitação de seus colaboradores. Isso já pôde ser lido aquiaqui e aqui, entre outras postagens.
Em 2012, esses treinamentos e avaliações foram institucionalizados e fazem parte do plano de carreira dos colaboradores. Para cada cargo existem vários níveis, para cada nível, existe uma série de competências e habilidades que o profissional tem que desenvolver, e para cada competência ou habilidade, há pelo menos um treinamento e uma avaliação correspondente, seja ela teórica ou prática.

Em maio/2012, foi feito o Treinamento Inicial de Integração, para um colaborador que estava entrando na ECD como Auxiliar de Sondagem. Nesse treinamento, teórico, foram abordados:

- Regras internas da empresa – 2 horas
- Postura básica do colaborador – 1 hora
- Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs)  específicos para os trabalhos de sondagens ambientais – 4 horas
- Ferramentas e materiais básicos para os trabalhos de sondagens ambientais, amostragem de solo e instalação de poços de monitoramento – 4 horas
- Materiais básicos para instalação de poços de monitoramento – 1 hora

No treinamento prático, de 16 horas, foram abordados:
- Organização do Canteiro de Obras
- Uso Correto de EPCs e EPIs
- Avaliação Preliminar de Risco
- Amostragem de Solo Direct Push
- Sondagem com Equipamento Portátil: Trado Mecanizado, Trado Hidráulico e Sonda Hidráulica Portátil - Auxílio e Operação Básica
- Sondagem com Equipamento Mecanizado - Auxílio
- Instalação de Poço de Monitoramento
- Desenvolvimento de Poço de Monitoramento
- Acabamento de Poço de Monitoramento
- Lavagem e Descontaminação do Ferramental
- Descomissionamento

Para os Auxiliares de Sondagem que já estavam na ECD, foi realizado o Treinamento Auxiliares - Nível 1. Nesse treinamento, além da retomada dos itens teóricos abordados no Treinamento de Integração, foram abordados:
- Elaboração e preenchimento correto de Avaliação Preliminar de Risco (APR) - 4 horas
- Noções Básicas de Gerenciamento de Áreas Contaminadas - 4 horas
- Avaliação do Mercado de Áreas Contaminadas: clientes, parceiros, fornecedores e concorrentes - 2 horas
- Equipamentos de aquisição de dados para investigação ambiental: ECD, concorrentes, nacionais e importados - 2 horas
- Norma NBR 15.495 - partes 1 e 2: Instalação e Desenvolvimento de poços de monitoramento em aquíferos granulares. ênfase na importância do Desenvolvimento Primário (pistoneamento) - 4 horas

No treinamento prático, de 16 horas, foram abordados os mesmos temas do treinamento inicial, porém com ênfase na avaliação da perfomance dos colaboradores

Para os Técnicos de Operação de Máquinas, recentemente contratados, além de todo o treinamento descrito acima (totalizando 28 horas de treinamento teórico e 16 horas de treinamento prático), foram abordados, na parte teórica complementar:
- Novas Tecnologias para Investigação de Áreas Contaminadas: TRIAD, MIP, LIF, CPTu, High Resolution Investigation, Pre-packed Monitoring Wells, entre outros - 4 horas
- Padrão ECD de Sondagem, amostragem de solo, Instalação e desenvolvimento de poços de monitoramento - 2 horas
- Preenchimento de boletins - 1 hora
- Noções básicas do ensaio de CPT, CPTu, RCPTu e Dissipação de poro-pressão - 3 horas
- Gerenciamento de ÁReas Contaminadas - 2 horas
- Geologia e Hidrogeologia Básica - 12 horas

Na parte prática:
- Operação de equipamento de sondagem portátil (Trado Hidráulico) - 4 horas
Operação de equipamento de sondagem portátil (Sonda Hidráulica Portátil) - 4 horas
- Operação de equipamento de sondagem mecanizada (Sonda Hidráulica acoplada ao Trator) - 48 horas
- Amostragem de solo Direct Push - 8 horas
- Instalação, desenvolvimento e acabamento de poços de monitoramento - 24 horas
- Ensaios de CPT, CPTu e RCPTu - 24 horas
- Elaboração de perfis litológicos e construtivos - 4 horas
- Elaboração de seção transversal - 4 horas
- Elaboração de mapa potenciométrico simples - 4 horas
- Noções de interpretação de perfil através de ensaio de RCPTu - 4 horas

Isso mostra que a ECD está sempre buscando a excelência nos trabalhos, seja no desenvolvimento de equipamentos, na aquisição de equipamentos modernos, na contratação de pessoal qualificado, e principalmente, na capacitação e treinamento do seu corpo técnico, que é o ativo mais importante da empresa. 

Abaixo algumas fotos dos treinamentos práticos, evidenciando as ações e indo além do simples jogo de palavras. Aqui se investe em treinamento


Operação de equipamento portátil de sondagem: Trado Hidráulico 

Descrição de amostras de solo Direct Push 

Operação de Sonda Hidráulica sobre Trator 

Organização do canteiro de obras: suporte de hastes e liners

Amostragem de Solo Direct Push com Sonda sobre caminhão 

Operação de sonda hidráulica sobre Trator 

Amostragem de solo Direct Push concomitante com sondagem Hollow Stem Auger com Sonda Hidráulica sobre Caminhão 

Ensaios de RCPTu

Instalação de poço de monitoramento: tubos ensacados e instalação por dentro dos Trados Ocos 

Instalação de poço de monitoramento 

Sondagem mecanizada: auxiliares na sonda hidráulica sobre caminhão 

Instalação de poços de monitoramento por dentro dos trados ocos

terça-feira, 19 de junho de 2012

Novos Colaboradores - Técnicos de Operação de Máquinas


A ECD Sondagens Ambientais Ltda, continuando a sua política de melhora contínua e de busca pela excelência na prestação de serviços de coleta de dados para investigações ambientais de áreas contaminadas, ampliou o seu quadro de colaboradores com a contratação de 02 Técnicos em Mineração (Clenilson e Eduardo), sendo um deles também Técnico em Mecânica e o outro também Técnico em Geologia.
A ECD, com essa medida, vai na contramão do mercado de sondagens que, em geral, busca trabalhadores com baixa qualificação e muita força física para "aguentar o tranco" dos trabalhos de campo. Esses normalmente entram como auxiliares, vão aprendendo o ofício na prática e alguns conseguem chegar a um cargo maior como Sondador ou Líder de Campo ou algo similar.
Nos exterior (EUA, Canadá, Europa, Japão, entre outros), quem opera os equipamentos de sondagem é profissional com nível superior E licença especial para aquela função naquele Estado (EUA) ou região (Europa).
A ECD optou por um caminho intermediário, contratando um profissional bem qualificado e com aptidão para trabalhos de campo. Com isso, consegue "adiantar" em pelo menos 3 anos a formação de um profissional de sondagem "comum" a partir de sua entrada como auxiliar, além de dar um passo à frente no sentido de se diferenciar como empresa-modelo no ramo de aquisição de dados para investigação ambiental.
Obviamente essa medida irá gerar um custo adicional para a empresa, mas, nesse momento, esse fator não é o essencial para a ECD. O que nós queremos é nos diferenciar pela qualidade, e muitos clientes precisam desse diferencial. A ECD já deixou de ganhar muitas concorrências, mas a diminuição aparente dos lucros no curto prazo certamente irá se converter na solidificação da imagem de empresa-referência que queremos.
Esse passo importante foi dado devido a uma conjunção de fatores:

- A decisão da ECD de caminhar para se tornar a melhor empresa do país no segmento em que atua.
- O aumento do uso de equipamentos mecanizados nas investigações em que a ECD participa
- O aumento da exigência de qualidade nos trabalhos que os clientes da ECD necessitam
- As modificações e melhorias nos equipamentos da ECD, de modo a deixá-los mais automatizados, menos dependentes da força física dos operadores e mais dependentes da capacidade técnica deles
- A ECD coloca o custo em segundo plano, pois quer se diferenciar pela qualidade.
- A introdução do uso do CPT, CPTu e R-CPTu nos trabalhos de investigação de áreas contaminadas, que torna obrigatória a capacitação dos colaboradores
- O desenvolvimento e aperfeiçoamento de equipamentos que permitiram que a ECD abandonasse os serviços de Trado Mecanizado com revestimento (existem empresas que fazem disso o seu carro-chefe, acrescentando bomba balde e tripé), por não serem considerados dentro dos princípios do "trabalho justo". Hoje, a ECD dispõe de sondas portáteis de diversas capacidades para suprir essa demanda
- A elaboração de um plano de carreira claro, com treinamentos e avaliações periódicas para todos os níveis.
- A decisão da ECD de não mais se denominar simplesmente uma empresa de Sondagens, mas sim, uma empresa especializada na coleta de dados apra investigação ambiental de áreas contaminadas. Isso requer uma qualificação que não se encontra facilmente no mercado brasileiro.

Clenilson e Eduardo: que a estada de vocês conosco traga bons frutos para todos: para vocês, para a empresa e para o mercado. Bem vindos à ECD!!!!!