quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Participação da ECD no VIII Seminário Internacional sobre Remediação de Áreas Contaminadas


Essa semana, particularmente os dias 22 e 23/10/2012, foi muito especial para a ECD.
A participação no VIII Seminário Internacional de Remediação e Revitalização de Áreas Contaminadas promovido pelo Instituto Ekos Brasil pode ser considerada um marco histórico na nossa empresa.
Inicialmente, por ver aprovados 4 trabalhos, selecionados entre diversos estudos, tanto nacionais quanto do exterior (Alemanha, Canadá, EUA, França,...), tanto de profissionais renomados de grandes consultorias quanto de profissionais do meio acadêmico. A aprovação dos trabalhos de uma empresa "de sondagem"que não tem como função produzir relatórios, é um motivo de orgulho e prova da atenção que a ECD dá à pesquisa, desenvolvimento, inovação e capacitação.
Em segundo lugar, por termos sido aprovados para uma exposição oral, honraria reservada aos estudos mais relevantes inscritos para o Seminário, indicando que os trabalhos da ECD submetidos têm um nível comparável aos das consultorias internacionais e nacionais de ponta no nosso mercado.
Por fim, por ter feito uma apresentação muito bem avaliada no Bloco mais comentado do evento: o de Investigação em Alta Resolução. Isso mostra que a ECD está no caminho certo, buscando se diferenciar de seus concorrentes, oferecendo serviços exclusivos, de alta qualidade e com profundo conhecimento das necessidades do mercado e das consultorias ambientais que atuam no segmento de áreas contaminadas.

Além da apresentação em si e do debate que se seguiu, foram muitas e muito proveitosas as conversas com os amigos, parceiros e clientes durante os intervalos, onde tivemos a oportunidade de explicar melhor sobre os pontos principais da nossa apresentação, que foram:

- As remediações somente terão sucesso se houver uma investigação adequada. De outra forma é aplicar remédio no paciente na base de tentativa e erro, sem diagnosticá-lo adequadamente;
- As investigações serão adequadas somente se for utilizada a abordagem correta e as ferramentas corretas
- A abordagem correta para a investigação é investir os melhores recursos na coleta de dados. Ou seja, investir dinheiro, tempo e os melhores profissionais nessa etapa de diagnóstico, ao invés de ir à campo com os profissionais menos qualificados e esperar os dados chegarem no escritório;
- Para essa abordagem funcionar, é preciso que as melhores ferramentas de alta resolução sejam utilizadas, para que a tomada de decisão seja rápida e adequada;
- Uma das ferramentas de alta resolução que pode ser utilizada é o piezocone de resistividade (RCPTu), que é um conjunto de 4 sensores que medem 4 diferentes parâmetros hidroestratigráficos: Resistência de ponta, atrito lateral, poro pressão e condutividade elétrica que, juntos, fornecem, em campo, informações precisas, acuradas e em alta definição das heterogeneidades do meio, inclusive o perfil de condutividade hidráulica;
- Embora essa ferramenta não forneça dados sobre concentrações de compostos, ela é excelente para entender o meio físico, e é esse meio físico o fator limitante para a investigação, não a concentração dos compostos;

Acreditamos que demos um passo excelente enquanto empresa, e mais que isso, demos uma contribuição muito boa para a melhora na qualidade dos estudos em áreas contaminadas no Brasil.

A nossa alegria fica ainda maior ao olhar para trás e ver as mudanças no mercado nos últimos 10 anos (desde o 1o Seminário até agora) e comparar com o crescimento profissional da ECD em termos de qualidade e conhecimento nos últimos 10 anos. No 1o Seminário, as palestras eram como "coisas inatingíveis" para nós. 10 anos depois, nós estamos contribuindo com o nosso conhecimento.

Nós, da família ECD, temos cada dia mais orgulho de pertencer a essa empresa.

Apresentação Oral da ECD

Debate no Bloco sobre Investigação em Alta Resolução 

Um dos painéis expostos 

Outros 2 painéis expostos

Nenhum comentário:

Postar um comentário