quarta-feira, 28 de março de 2012

ECD na Environmental Field Conference - 2012


A exemplo do ano de 2010, a ECD esteve, entre os dias 16 e 19 de março de 2012, na versão 2012 da Environmental Field Conference, em Tampa-FL. Esse esforço e direcionamento de recursos da empresa em capacitação mostra mais um passo que a ECD dá na direção da busca pela excelência e inovação

Nesse ano, a Conferência não foi tão impressionante quanto na edição de 2010, pois teve menos produtos expostos e menos demonstrações de campo.
No entanto, um ponto positivo foi a presença maciça de brasileiros, mostrando que uma parte expressiva do mercado brasileiro está preocupado em atualizar seus conhecimentos e buscar a melhora na sua atuação. Estiveram presentes representantes da Clean e da Hidrosuprimentos (setor de equipamentos), dos nossos "amigos-concorrentes" da Aragon (sondagens), da Mineração Araxá, e das consultorias: Arcadis, Água Marinha, Antares, SGW e Solixx. A troca de informações entre nós brasileiros foi um dos pontos altos do evento para a ECD.

Particularmente para nós, os principais pontos positivos da Conferência foram:
- Reencontrar vários amigos, em particular o Paulo Negrão, da Clean, que nos brindou com ótimas histórias e vários conselhos sobre Meio Ambiente e mais ainda sobre música, uma paixão comum.
- Os excelentes papos com o Eduardo Bampa (nosso amigo particular) e com a Renata da Aragon Sondagens, com muitas trocas de informação, dicas e uma ideia em comum: não vamos derrubar a qualidade para disputar no preço com outras empresas de sondagem que não tenham o mesmo nível que a ECD e a Aragon. Em paralelo, vamos tentar nos unir para exigir que as demais empresas de sondagem tenham também que seguir um padrão mínimo de procedimentos trabalhistas, técnicos e de segurança (por exemplo, um responsável perante ao CREA).
- As excelentes conversas com o nosso amigo Tiago Oliveira, da Arcadis-Logos, que acompanha de perto algumas de nossas equipes em seus projetos. Pudemos obter informações que vão nos ajudar a elevar o nosso padrão de qualidade. Além disso, ele nos apresentou dois caras muito legais, da Arcadis/USA, que participaram de um excelente workshop na Conferência.
- A possibilidade de divulgação da ECD para consultorias que não nos conheciam (Solixx, SGW e Antares, por exemplo)
- O contato direto com fornecedores atuais e futuros de equipamentos para a ECD. Pudemos ver in loco como funcionam alguns equipamentos que temos a intenção de trazer em um futuro próximo.
- Algumas palestras excelentes, como a 1a, logo na abertura da Conferência, que evidenciou com números que o gasto de 1 dólar a mais para melhorar a investigação economiza cerca de 10 dólares na remediação. A mesma palestra mostrou que a pluma de LNAPL quase nunca está onde se espera que esteja e que os métodos de investigação em alta resolução podem minimizar esses erros
- As palestras que enfatizaram o valor da investigação (quase todas) mostraram que o CPTu, é uma ferramenta muito importante, principalmente quando associada à sonda de resistividade. Esse equipamento a ECD já oferece, como pode ser visto aqui. A importância do CPTu e do R-CPTu foi cantada em verso e prosa, sozinha ou como base para os vários métodos de LIF, FFD, MIP ou MIHPT.

Como balanço geral, a nossa participação na Environmental Field Conference foi extremamente proveitosa, no aspecto técnico, e no pessoal, e é mais um passo na direção que a ECD quer trilhar.

Algumas fotos
Os amigos da AMS em mais uma apresentação: Tom Dazell e Ken Limpscomb 

Geoprobe da linha 7000 montada sobre caminhão fazendo a demonstração do MIP+HPT. Essa sonda possui também o martelo automático para SPT mecanizado.

O Diretor da ECD Marcos Tanaka Riyis em frente ao cartaz de abertura


Veículo auxiliar da Geoprobe para cravação do MIP+HPT+EC. Vale notar a quantidade de equipamentos auxiliares

AMS-Power Probe 9500

Paulo Negrão da Clean, Eduardo Bampa da Aragon e Marcos Tanaka Riyis da ECD

Detalhe da Power Probe 9500, da AMS

À direita, Mauro Tanaka Riyis, da ECD e Eduardo Bampa, da Aragon


Geoprobe montado sobre caminhão preparado para cravação do MIHPT



Nenhum comentário:

Postar um comentário